Trote atrasa decolagem da TAM em Campinas

Um trote mobilizou a Polícia Federal no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, e provocou o atraso de mais de uma hora de um vôo doméstico da empresa TAM entre Vitória, no Espírito Santo, e Ribeirão Preto. Segundo a denúncia anônima, feita a uma rádio paulistana, o Fokker 100 seria seqüestrado durante o vôo 3401, que deixou Vitória no início da manhã de hoje, com destino a Ribeirão Preto e escalas no Rio de Janeiro e em Campinas. A Polícia Federal interceptou a aeronave em Viracopos, pouco depois das 9 horas. O Fokker 100 foi levado para o pátio 3 do aeroporto, destinado aos cargueiros. No local, quatro equipes da Polícia Federal revistaram os 51 passageiros, depois de isolar a área. O avião permaneceu estacionado no pátio das 9h20 às 10h40, quando recebeu autorização para seguir viagem. A aeronave decolou às 10h50. De acordo com os policiais, nada foi encontrado no interior da aeronave, nas bagagens, nem com os passageiros. Segundo a assessoria da TAM, não ocorreu nenhum incidente durante o vôo, e este não foi o primeiro caso de trote contra a empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.