Tribunal de Contas do DF afasta conselheiro flagrado em vídeo

Domingos Lamoglia aparece recebendo R$ 100 mil do ex-secretário do governador Arruda, Durval Barbosa

Leonardo Goy, da Agência Estado,

05 de dezembro de 2009 | 22h47

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) afastou o conselheiro Domingos Lamoglia por suspeita de envolvimento no esquema que atingiu o governo do DF. Em vídeo mostrado neste sábado, 5, pelo Jornal Nacional, ele recebe R$ 100 mil do ex-secretário do governador José Roberto Arruda (DEM), Durval Barbosa, ao lado do então assessor de imprensa do governador, Omézio Pontes.

 

Veja também:

linkPlanilha cita 41 empresas e caixa 2 de R$ 11 mi na campanha de Arruda

linkCâmara do DF acata dois pedidos de impeachment de Arruda

blog  JOÃO BOSCO: OAB considera Arruda e Paulo Octávio cúmplices

lista Leia tudo o que foi publicado sobre o mensalão no DF

especial Entenda as acusações contra o governador do Distrito Federal

documento Inquérito da Operação Caixa de Pandora

 

À época, ele era chefe de gabinete de Arruda. Lamoglia não comentou as denúncias. A assessoria do TCDF informou que ele tem 15 dias para apresentar sua defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.