Tribo do Acre é fotografada pela primeira vez

Uma das últimas tribos indígenasainda sem contato com o resto do mundo foi fotografada do alto,e as imagens divulgadas na quinta-feira mostram seusintegrantes com os corpos pintados de vermelho-vivo, brandindoarcos e flechas. A tribo vive no Acre, perto da fronteira com o Peru, esegundo a Funai está ameaçada pela extração ilegal de madeirada Amazônia. A foto é uma rara comprovação de que esse grupo defato existe. "O que está acontecendo nesta região é um crime monumentalcontra o mundo natural, as tribos, a fauna, e mais umtestemunho da completa irracionalidade com a qual nós, os'civilizados', tratamos o mundo", disse o sertanista JoséCarlos Meirelles, da Funai, segundo nota da ONG SurvivalInternational. Numa das fotos, que pode ser vista no sitewww.survival-international.org, dois índios pintados devermelho se preparam para disparar flechas contra o avião, sobo olhar de outros índios. Outra foto mostra cerca de 15 índios sob ocas, alguns delestambém preparando flechas para disparar. "O mundo precisa acordar para isto, e garantir que seuterritório esteja protegido em concordância com o direitointernacional. Do contrário, em breve eles estarão extintos",disse Stephen Corry, diretor da Survival International,entidade que apóia povos indígenas em todo o mundo. Das mais de cem tribos isoladas do mundo, mais de metadeestão no Brasil e Peru, segundo a Survival International, etodas correm riscos de perder suas terras, serem assassinadosou sofrerem epidemias. (Reportagem de Stuart Grudgings)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.