TRF mantém governador de Rondônia no cargo

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região suspendeu a decisão da Justiça Federal em Rondônia de afastar do cargo, por 90 dias, o governador do Estado Ivo Cassol. A suspensão foi determinada na noite de ontem pelo relator do caso, desembargador Fernando Tourinho Neto. As informações são da 1ª Vara da Sessão Judiciária de Rondônia.

PAULO MACIEL, Agencia Estado

30 de maio de 2009 | 16h12

Com a decisão, Cassol permanece no cargo até o julgamento final do processo pelo TRF da 1ª Região. O governador de Rondônia responde a ação judicial no Ministério Público Federal por suposta compra de votos nas eleições de 2006 e por supostamente ter usado delegados da Polícia Civil do Estado para atrapalhar as investigações.

A suspensão do afastamento não é extensiva aos quatro delegados da Polícia Civil de Rondônia, que teriam coagido testemunhas e obstruído as investigações da Polícia Federal.

Contra o governador Ivo Cassol também tramita um processo de cassação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mais conteúdo sobre:
TRFRondôniaCassol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.