TRF divulga nota sobre divergências do Judiciário

A presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, Marli Ferreira, comentou em nota oficial divulgada hoje, o embate entre o juiz federal Fausto Martins de Sanctis e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, sobre a prisão e soltura do sócio-fundador do Banco Opportunity, Daniel Dantas. No comunicado, Marli recomenda que os juízes, de todas as instâncias, "nunca se verguem ante interesses subalternos". "Ceder à campanha que se arma para desonrar qualquer de seus membros é amesquinhar a função judicial", diz a desembargadora federal.Para Marli, os juízes devem "servir com destemor, independência, imparcialidade" e precisam ser entendidos. "(Os juízes) contrariam interesses ao exercer seu mister divino: julgar." A desembargadora pede "reserva moral" aos colegas de toga, para que eles combatam "só o bom combate". "Que este momento de tensão possa refletir nada mais que a ânsia de juízes que honram a toga em fazerem valer essas leis e a Constituição deste país."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.