Três supeitos pelo assassinato de sem-terra são presos

Três homens suspeitos de terem participado do ataque ao acampamento "Terra Prometida", na Fazenda Nova Alegria, foram presos na madrugada de hoje, em Felisburgo, no Vale do Jequitinhonha. Cinco integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) foram mortos a tiros durante a ação de um grupo de pistoleiros, no final da manhã de ontem. Os suspeitos detidos foram identificados pela Polícia Militar de Felisburgo como Francisco de Assis Rodrigues Oliveira, o "Chicão"; Admilson Rodrigues Lima, "Bila", e Milton Francisco de Souza, conhecido como "Milton Pé de Foice". Segundo a PM, todos já tiveram passagens pela polícia.Eles estão sendo interrogados na prefeitura de Felisburgo pela delegada Maria Aparecida Martins Mota, da cidade de Jequitinhonha. A previsão é que os corpos das cinco vítimas fatais sejam sepultados neste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.