Roque de Sá/Ag. Senado
Roque de Sá/Ag. Senado

Três senadores desistem e fortalecem candidatura de Davi 

Major Olímpio (PSL-SP), Alvaro Dias (Podemos-SP) e Simone Tebet (MDB-MS) abandonaram a corrida

Camila Turtelli, Renan Truffi e Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2019 | 15h39

BRASÍLIA – Na reta final para a disputa à Presidência do Senado, três candidatos usaram o discurso que antecipa a votação para se retirarem da disputa e fortalecer a candidatura de Davi Alcolumbre (DEM-AP). Major Olímpio (PSL-SP), Alvaro Dias (Podemos-SP) e Simone Tebet (MDB-MS) abandonaram a corrida.

Os senadores estiveram reunidos na manhã deste sábado, 2, antes do início da sessão, buscando saídas à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) proferida nesta madrugada que determinou que a votação na Casa fosse secreta, medida que favorece diretamente a eleição de Renan Calheiros (MDB-AL).

Os parlamentares chegaram a levantar a possibilidade de adiar a sessão e também discutiram o lançamento de uma candidatura única. Com a saída dos três candidatos, aumenta a possibilidade de um segundo turno entre Alcomlubre e Calheiros. Além dos dois, seguem na disputa ainda Fernando Collor (PROS-AL), José Reguffe (Sem partido-DF) e Esperidião Amin (PP-SC). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.