Três presos em ato contra venda da Copel

O Comando de Operações Policiais Militares (Copom) do Paraná informou que três pessoas foram presas pela Polícia Militar durante as manifestações de hoje, contra a privatização da Copel, em frente a Assembléia Legislativa. Duas delas, por porte de arma branca e uma, por pichação. Além disso, três manifestantes foram levados ao 3º Distrito Policial para prestar esclarecimento, acusados de depredar o patrimônio público. De acordo com a PM, os três estariam danificando o automóvel Omega, que serve ao presidente do Trinunal de Justiça, desembargador Vicente Troiano Netto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.