Três partidos da base com DEM

PMDB, PR e, agora, PTB se aliaram a Kassab em SP

Ana Paula Scinocca, O Estadao de S.Paulo

09 de outubro de 2008 | 00h00

O apoio ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem se revertido em adesão à candidatura da petista Marta Suplicy, em São Paulo. Com o embarque ontem do PTB na campanha do prefeito e candidato à reeleição pelo DEM, Gilberto Kassab, subiu para três o número de partidos que em Brasília estão aliados a Lula e, em São Paulo, a legendas da oposição. Além do PTB do ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, deram as costas para o PT, em São Paulo, o PMDB e o PR, que respectivamente têm seis e um ministério no governo Lula.PMDB e PR já aderiram à campanha de Kassab desde o início da corrida eleitoral. Ao PMDB, que fez com que o prefeito tivesse no primeiro turno maior tempo no horário gratuito do rádio e da TV, coube, inclusive, a indicação da candidata a vice na chapa da reeleição, Alda Marco Antônio. O mais novo aliado, o PTB, começa a integrar a campanha de Kassab agora. A decisão de apoiar o prefeito foi formalizada ontem pelo presidente estadual do partido, deputado Campos Machado, vice de Geraldo Alckmin (PSDB) na primeira etapa da eleição. Para hoje, a campanha de Kassab espera outro reforço: o apoio do PPS de Soninha Francine. Enquanto o DEM vê seus apoios inflarem, o PT de Marta não conseguiu, até aqui, nenhuma adesão. Outro partido que, em Brasília, integra a base de sustentação do governo Lula no Congresso, o PP de Paulo Maluf, optou pela neutralidade no segundo turno na capital paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.