Três mil vêem a troca da bandeira na Praça dos Três Poderes

Dois caças F-103 Mirage e três aviões C-09 Bandeirante da Força Área Brasileira (FAB) sobrevoaram a Praça dos Três Poderes, na manhã de hoje, durante a cerimônia da troca da bandeira, que acontece sempre no primeiro domingo de cada mês. Cerca de 3 mil pessoas assistiram à cerimônia, das quais 600 eram militares que desfilaram ou participaram da organização do evento. Houve também a tradicional salva de 21 tiros de canhão e a apresentação da Banda de Música da Base Aérea de Brasília e o desfile da guarda de honra. O Comando da Aeuronáutica foi responsável pela cerimônia deste domingo, que homenageou o aniversário de Alberto Santos Dumont, a ser comemorado no próximo dia 20. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que passa o domingo no Palácio do Alvorada, não compareceu. Seu filho mais novo, Luiz Claudio Lula da Silva, de 19 anos, assistiu a cerimônia, acompanhado por amigos. Vestindo camisa do Corinthians, ele contou que está de férias e passa alguns dias em Brasília, hospedado no Palácio do Alvorada. O grupo optou por permanecer no meio do público. Não houve manifestações de protesto e o pleito dos militares para reajuste salarial não foi comentado. O chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, tenente Astor Nina de Carvalho Netto, que ocupa o segundo posto na hierarquia da Aeronáutica, disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que o assunto está sendo discutido pelo ministro da Defesa, José Viegas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.