Tremor de 5,2 na escala Richter atinge Sul e Sudeste

Um leve tremor que durou menos de umminuto atingiu cidades do Estado de São Paulo, informou apolícia paulista nesta terça-feira. O abalo também foi sentidoem Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro, de acordo comtestemunhas, que não reportaram até agora qualquer estragoprovocado pelo incidente. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremorfoi de 5,2 graus na escala Richter, que vai até 8, comepicentro no Oceano Atlântico, a 215 quilômetros de SãoVicente, no litoral paulista. Uma funcionária da polícia afirmou que várias chamadasforam feitas para relatar o incidente, vindas de bairros dacapital e de outras cidades da região metropolitana, como SãoCaetano, Barueri e Santo André, e do litoral, como Santos. Segundo relato de uma jornalista da Reuters, que mora naregião central da cidade e testemunhou o incidente, o tremorocorreu por volta das 21h e durou menos de um minuto. A jornalista disse que o sofá de seu apartamento, no quintoandar de um edifício de 18 pavimentos, tremeu e os vizinhos secomunicaram para tentar descobrir o que estava acontecendo. Outros relatos de testemunhas ouvidas pela Reuters dãoconta de camas saindo do lugar, quadros se desequilibrando dasparedes e cadeiras se movimentando, sem causar prejuízos. "Este é o maior sismo que aconteceu no Estado de São Paulonos últimos 100 anos. O último que seria mais ou menoscompatível a este aconteceu em Mogi Guaçu em 1922, com 5,1 (naescala Richter)", disse o professor de sismologia daUniversidade de São Paulo Jesus Berrocal, em entrevista àGlobonews. (Reportagem de Maurício Savarese)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.