Trechos de grampos

Fazendo o edital para compra de remédios Em ligação interceptada pela Unidade de Inteligência do Departamento de Polícia Judiciária da capital (Decap), às 15h59 do dia 5/8/2008, o empresário Dirceu Gonçalves Ferreira Junior, proprietário das empresas Vida?s Med e Biodinâmica, conversa com um interlocutor identificado como Edinho sobre o edital de uma licitação que o próprio grupo ia fazer para a Prefeitura de Peruíbe (SP), o que, segundo a polícia, provaria a influência da organização.Edinho - Amanhã eu vou te passar um negócio interessante, uma lista de medicamentos que tem tudo que precisa lá de Peruíbe para você montar o edital.Dirceu Gonçalves Ferreira Junior - Ótimo! Deixa eu te falar uma coisa: a solicitação que o médico fez em duas vias. Foi uma pra lá e outra pra eu te mostrar.Edinho - Passa isso logo, velho. Eu preciso fechar isso aí.Dirceu - Já está feito. Está no meu escritório, como eu viajei hoje...Edinho - Eu tô na Assembléia cedo, nove horas. Assim eu já ligo pra ela (possível contato na administração de Peruíbe) e peço para virar o jogo...Dirceu - Eu só estou esperando sair a publicação daquele negócio lá. Não saiu nada...Edinho - Tranqüilo... sem problema. (...) Eu vou chegar em casa agora, vou entrar no computador. Ela quer que eu abra a pasta do MSN dela. São 38 páginas. Copio isso aí, mando pra você. Em cima disso, você monta. É um tapa, tomada de preço... Em cima disso, você monta do jeito que tem que montar. Eu mando de volta pra ela. E isso aí ela faz, manda rodar e nós fazemos do nosso jeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.