TRE valida candidatura e dá novo prefeito a Iaras

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo reformou a decisão que havia cassado o registro do candidato a prefeito de Iaras, Francisco Pinto de Souza, do PP, acusado de propaganda irregular. Com isso, os 1.697 votos dados a Souza, o candidato mais votado no pleito, foram considerados válidos e ele é o novo prefeito eleito da cidade do sudoeste paulista. A decisão, divulgada nesta quarta-feira, beneficia também o vice na chapa de Souza, Marcos José Rosa, do PSD. Até então, era considerado eleito o candidato do PMDB, João Araújo, que teve 1.003 votos, já que os votos dados ao concorrente eram tidos como nulos. Ainda cabe recurso da decisão.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

07 de novembro de 2012 | 20h53

Souza e seu vice haviam tido a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral local por terem feito propaganda política com o veículo usado para a coleta de material reciclável na cidade. O tribunal entendeu que, embora a propaganda beneficiasse os candidatos, a veiculação ocorreu somente num bairro da cidade e em um único dia. Os julgadores consideraram que a conduta não teve gravidade a ponto de justificar a cassação. Apesar disso, o TRE manteve a multa de R$ 10 mil aplicada pelo juiz eleitoral à coligação do prefeito eleito. A coligação que apoiou o candidato do PMDB anunciou que entrará com recurso.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012IarasTRE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.