TRE suspende resultado da eleição em Paracambi (RJ)

O juiz Paulo Espírito Santo, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio, concedeu nesta segunda-feira liminar suspendendo o resultado da eleição para prefeito em Paracambi (Baixada Fluminense), vencida pelo candidato do PL, Flávio Campos Ferreira, o Doutor Flávio. O PT, partido do candidato à reeleição, André Ceciliano, acusa Ferreira de compra de votos. Os petistas alegam que, no dia do pleito, um "exército de cabos eleitorais" oferecia dinheiro para eleitores vestirem a camisa da campanha de Ferreira e votarem no candidato do PL. O caso é investigado pela 51.ª Delegacia Policial. Se condenado, Ferreira pode perder o mandato e ficar inelegível para cargos públicos.O juiz ressaltou que a decisão foi "fruto de grande reflexão". "Tive o cuidado de assistir duas vezes à fita de vídeo anexada ao processo, e fiquei bastante impressionado com a quantidade de pessoas, aparentemente humildes, que se manifestaram, declarando ter-lhes sido prometido o valor de R$ 30,00 a R$ 70,00 e até R$ 100,00 para votar no candidato Dr. Flávio", afirmou Espírito Santo, que suspendeu a homologação do resultado da eleição, que vai depender agora de decisão final da Justiça Eleitoral. O juiz observou ainda que a vitória de Ferreira foi obtida por diferença de apenas 500 votos em um universo de aproximadamente 20 mil eleitores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.