TRE-SP proíbe propaganda de Marta Suplicy contra José Serra

O juiz auxiliar da 1ª zona eleitoral de São Paulo, Paulo Sérgio Galizia, concedeu liminar a José Serra e coligação Ética e Trabalho (PSDB/PPS/PFL), que proíbe nova exibição da propaganda que contém a mensagem "durante a sua vida pública, Serra praticamente nunca ficou em nenhum cargo até o fim", veiculada pela coligação União Por São Paulo(PT/PTB/PSL/PTN/PL/PRTB e PC do B) na terça-feira, em forma de inserções.De acordo com o juiz, a propaganda traz duas expressões incompatíveis, "praticamente" e "nunca", o que pode causar a falsa impressão ao eleitor de que José Serra abandonou os cargos aos quais fora anteriormente eleito para disputar novas eleições.A decisão foi divulgada nesta quarta-feira no site do TRE-SP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.