TRE-SP multa SBT por ignorar direito de resposta

O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) foi multado ontem em R$ 10 mil pelo não cumprimento de ordem judicial que concedia ao candidato a governador Aloizio Mercadante (PT) direito de resposta na emissora. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, a multa foi aplicada pelo juiz auxiliar da propaganda eleitoral, desembargador Antônio Carlos Mathias Coltro.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

22 de setembro de 2010 | 15h59

De acordo com a sentença, o SBT deixou de exibir o direito de resposta concedido pelo juiz em 8 de setembro e confirmado pelo TRE na sessão do último dia 14. A corte entendeu que houve afirmações ofensivas em entrevista do candidato do PSDB à Presidência José Serra no programa "SBT Brasil", exibida em 31 de agosto e reprisada no dia seguinte no Jornal do SBT Manhã.

Na ocasião, o candidato tucano se referiu ao caso dos aloprados - militantes do PT flagrados na tentativa de comprar um dossiê contra tucanos em 2006. A representação foi formulada por Aloizio Mercadante, da coligação "União Para Mudar" - formada pelo PRB, PDT, PT, PTN, PR, PSDC, PRTB, PRP, PCdoB e PTdoB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.