TRE-SP multa Google e manda tirar do ar paródia ofensiva

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) multou a Google Brasil Internet Ltda. por veiculação de um vídeo, no YouTube, que mostra uma apresentação do cantor e candidato ao Senado Netinho de Paula (PCdoB) com a letra de uma música alterada. De acordo com informações do site do tribunal, o juiz auxiliar da propaganda eleitoral Luís Francisco Aguilar Cortez aplicou multa de R$ 50 mil a Google, dona do site YouTube, e determinou a retirada do vídeo, sob pena de pagamento diário de R$ 10 mil em caso de descumprimento da decisão. A empresa ainda pode recorrer da decisão ao TRE.

EQUIPE AE, Agência Estado

07 de setembro de 2010 | 19h41

Segundo a assessoria do TRE, Netinho, da coligação União para Mudar, aparece no vídeo cantando uma música com a letra trocada e de "conteúdo ofensivo porque atribui-lhe a prática de agressões físicas contra mulheres e defende tais condutas". O juiz considerou "inegável" o caráter ofensivo da paródia, o que é vedado pela legislação eleitoral.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010TREGoogleNetinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.