TRE-SP cassa mandatos de 3 vereadores por infidelidade

São eles: Ismael Batista da Silva; José Marcos Sanzogo e Elisabete Sichieri Bezerra

Elvis Pereira, da Agência Estado,

18 de agosto de 2008 | 20h40

Mais três vereadores de São Paulo perderam hoje o cargo por infidelidade partidária. Os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) entenderam que eles trocaram de legenda sem motivos que justificassem as saídas. Ismael Batista da Silva, de São José do Rio Pardo, trocou o PSB pelo PV. José Marcos Sanzogo, de Sebastianópolis do Sul, deixou o PTB para ingressar no DEM e Elisabete Sichieri Bezerra, de Bebedouro, desfiliou-se do PT para ir para o PSB. Os três ainda podem recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, o TRE-SP já cassou 38 vereadores com base no entendimento do TSE de que o mandato pertence ao partido e não ao político.

Tudo o que sabemos sobre:
TREmandatosvereadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.