TRE-SP apreende mais de 1.400 propagandas eleitorais irregulares

Maior parte do material é composta de cavaletes; foi o segundo dia de ações de fiscalização

Júlia Batista, da Agência Estado

18 de setembro de 2010 | 13h00

SÃO PAULO - O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recolheu na sexta-feira, 17, 781 propagandas irregulares em trechos da zonas norte e Leste, praça Campo de Bagatelle, em frente ao estádio do Pacaembu e no bairro do Ipiranga. Com essa apreensão, chegam a 1468 as propagandas apreendidas desde assinatura de convênio com a Prefeitura.

 

Foi o segundo dia de ações de fiscalização com auxílio da Prefeitura. Pela legislação, não é permitida propaganda eleitoral em áreas verdes ou atrapalhando a circulação de pedestres e veículos.

 

A maior parte do material é de cavaletes. O material apreendido por três equipes está armazenado em depósito da Prefeitura, e os candidatos podem requerê-la de volta.

 

O TRE informa que, se os candidatos voltarem a colocar material de propaganda em locais onde não é permitido, podem ser notificados a retirá-la e, eventualmente, ser multados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.