TRE-RJ apura se comercial da Sabesp beneficia Serra

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) está analisando o uso da máquina administrativa do governo paulista em benefício de uma possível candidatura do governador José Serra (PSDB) à Presidência da República em comerciais da Companhia de Saneamento de São Paulo (Sabesp) fora do Estado. A propaganda, de R$ 9 milhões, está programada para ir ao ar durante 45 dias. Começou em novembro e vai até março, duas vezes por dia, na TV Globo e na TV Bandeirantes. A investigação é preventiva, mas as explicações ficarão arquivadas e, caso Serra oficialize a candidatura, poderão ser usadas em processos por uso da máquina.A Sabesp, por meio de nota, afirmou que as campanhas publicitárias "Verão Espetacular", transmitida na TV Globo, e "Projeto Verão", na Bandeirantes, foram veiculadas fora de São Paulo porque "existe interesse comercial direto por parte da empresa de ampliar seu mercado, por isso é importante investir na construção de imagem institucional da Sabesp fora do Estado" e a legislação estadual autoriza a empresa "a oferecer os seus serviços fora do território paulista", Segundo a nota, neste sentido a Sabesp "acaba de firmar acordos de cooperação com a Cesan, do Espírito Santo, e com a Costa Rica". Além do Rio e São Paulo, os comerciais foram exibidos no Amapá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.