TRE retira propaganda política irregular na Av. Paulista

Funcionários da Justiça Eleitoral estão, hoje, retirando a propaganda política colocada locais proibidos, como postes com sinalização de trânsito e postes que têm suportes com flores, além dos canteiros gramados da Avenida Paulista. O juiz auxiliar de propaganda Roberto Maia Filho, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, determinou a retirada depois de receber uma denúncia com fotos por e-mail. Os funcionários da 1ª Zona Eleitoral iniciaram a limpeza na Praça Oswaldo Cruz e seguem por toda a avenida. Denúncias desse tipo fazem parte da campanha do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), "Pacto por uma São Paulo limpa". Quem vir uma propaganda irregular pelas ruas da cidade, pode denunciar o candidato no site do TRE (www.tre-sp.gov.br) Segundo a Rádio CBN, essa é a segunda vez que candidatos são punidos por exageros de propaganda na Avenida Paulista. A primeira aconteceu dias atrás quando a Organização Não Governamental (ONG) Paulista Viva alugou um caminhão com um guindaste e removeu as propagandas irregulares. A ONG prometeu retomar a ação se as propagandas reaparecessem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.