TRE rejeita recontagem de votos no DF

Os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negaram ontem a recontagem dos votos nas 1.186 sessões eleitorais do Distrito Federal no segundo turno, requerida pelo candidato Geraldo Magela, do PT. A juíza Sandra de Santis, presidente da Comissão Apuradora do Tribunal Regional Eleitoral e relatora do caso, considerou inconsistentes os argumentos apresentados pelo PT, baseando-se em depoimentos de técnicos em informática e em comparações detalhadas de boletins eletrônicos que provam a autenticidade das eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.