TRE pede rejeição das contas de Serra em SP

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) emitiu um parecer pedindo a rejeição das contas prestadas pelo comitê financeiro do governador eleito do Estado, José Serra (PSDB). O pedido foi feito com base na alegação de que a campanha do tucano teria recebido doações de empresas que mantêm concessões públicas. O TRE informou que o relatório da Procuradoria Regional Eleitoral deve ser apreciado pelos desembargadores até o próximo dia 11, quando termina o prazo legal. Segundo resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é vedado a qualquer partido ou candidato o recebimento direto ou indireto de doações procedentes de concessionário ou permissionário de serviço público. Na última terça-feira, a Secretaria de Controle Interno do TSE apresentou um parecer técnico recomendando também a rejeição das contas da campanha à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do comitê financeiro do PT. De acordo com o TSE, a campanha de Lula também teria recebido doações consideradas irregulares pela legislação eleitoral em vigor.

Agencia Estado,

07 Dezembro 2006 | 11h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.