TRE-MT indefere candidatura do deputado Pedro Henry

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TER-MT) indeferiu a candidatura do deputado federal Pedro Henry. Segundo a assessoria do Tribunal, a decisão foi tomada com unanimidade em sessão deste sábado, e atende ao pedido de impugnação proposto pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e do candidato Pedro Taques (PDT). Em sessão do dia 20, o TRE-MT já havia decretado, por unanimidade, a inelegibilidade do deputado por três anos por abuso de poder econômico nas eleições de 2008.

FÁTIMA LESSA, Agência Estado

31 Julho 2010 | 14h27

Por unanimidade também, o Tribunal julgou procedente a Ação de Impugnação do MPE, e excluiu o Partido Republicano Brasileiro (PRB) da coligação Mato Grosso Progressista (PP, PTN,PSC,PHS,PTC e PRP) e desabilitou a legenda a concorrer nas Eleições de 2010. O procurador Regional Eleitoral Thiago Lemos de Andrade apontou fraude na convenção realizada pelo partido.

Do total de 105 candidaturas julgadas até este sábado, 16 foram indeferidas pelo Pleno do TRE-MT. Ainda restam 319 pedidos de registros para serem julgados.

Mais conteúdo sobre:
eleiçãoMTPedro Henry

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.