TRE julga hoje representação contra Garotinho

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio julga esta tarde uma representação, com pedido de liminar, do Ministério Público (MP), pedindo a suspensão dos programas de rádio e televisão do governador Anthony Garotinho (PSB). Segundo o MP, que baseou o recurso numa solicitação semelhante interposta pelo PT em março, Garotinho estaria infringindo a Lei Eleitoral, ao usar os programas na rádio Tupi e na TV Record para fazer suposta promoção pessoal."Fiquei escandalizado com a falta de medida do governador do Estado, que, sem dúvida, está cometendo crime eleitoral", disse o procurador regional eleitoral, Antônio Carlos Martins Soares, que está "otimista" quanto a uma decisão favorável ao MP no julgamento do TRE.Segundo Soares, caso o tribunal acolha a liminar, Garotinho terá de tirar, imediatamente, os programas do ar. "Se isso não ocorrer, poderemos entrar na Justiça eleitoral com um procedimento de investigação contra ele, pedindo a sua inelegibilidade por oito anos", explicou.Com 8% das intenções de voto para presidente, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), e atrás apenas do presidente de honra do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, do ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes e do governador de Minas Gerais, Itamar Franco (PMDB), o governador do Rio montou um amplo esquema de mídia espalhado por todo o País, composto, basicamente, por emissoras evangélicas de rádio e TV. Além dos programas da Tupi e da Record, que vão ao ar aos sábados na capital e em 17 estações do interior fluminense, Garotinho mantém ainda o "Na Paz do Senhor Governador". O programa é veiculado pela Rádio Melodia, do deputado federal Francisco Silva (PST-RJ), duas vezes por dia de segunda-feira a sábado, e retransmitido para outros dez Estados brasileiros. A Assessoria de Imprensa do Palácio Guanabara informou que o Estado só comentará o assunto depois de anunciada a decisão do TRE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.