TRE do Piauí decide diplomar Hugo Napoleão

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí diplomou o senador Hugo Napoleão (PFL) como novo governador do Piauí. Dos cinco juizes presentes, três votaram pela diplomação e dois por uma nova eleição. O voto decisivo foi dado pelo desembargador João Batista Machado, que estava presidindo a sessão.Napoleão será diplomado às 17h e em seguida vai tomar posse na Assembléia Legislativa. Ainda hoje à noite, o novo governador do Piauí vai sentar-se na cadeira que há 13 dias era ocupada pelo ex-governador Francisco Moraes, o Mão Santa (PMDB), cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral.Enquanto os juízes votavam, do lado de fora do TRE os simpatizantes dos dois candidatos se enfrentavam. Duas pessoas ficaram feridas: o estudante Luciano Farias, militante do PC do B, atingido por um policial militar, e o desempregado Gilson Macedo, que fazia manifestação em favor do novo governador.Depois de anunciado o resultado, a militância do ex-governador Mão Santa se retirou, enquanto os simpatizantes do senador Hugo Napoleão tomaram conta da rua e iniciaram uma festa. O advogado do ex-governador Mão Santa, Macário Oliveira, anunciou que ainda hoje à tarde vai recorrer da decisão do TRE no TSE e no Supremo Tribunal Federal, mas nenhum dos recursos que ele vai interpor tem efeito suspensivo à diplomação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.