TRE cassa registro de candidatura de Lessa

Por 5 votos a 1, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) impugnou o registro de candidatura do ex-governador Ronaldo Lessa, que disputa o governo do Estado pelo PDT. Nessa mesma votação, também foi cassado o registro da candidatura do sindicalista Joaquim Brito, candidato a vice-governador na chapa de Lessa. A decisão do TRE/AL foi tomada na noite de hoje.

RICARDO RODRIGUES, Agência Estado

05 de agosto de 2010 | 23h16

O pedido de impugnação das duas candidaturas foi feito pelo Ministério Público Federal com base na ''Lei Ficha Limpa''. Lessa e Brito foram impugnados porque tinham sido condenados pela Justiça Eleitoral, acusados de abuso de poder político e econômico.

O advogado Marcelo Brabo, que defende os dois candidatos impugnados, disse que vai recorrer da decisão. "Enquanto isso, a candidatura de Ronaldo Lessa ao governo do Estado continua normalmente, do mesmo jeito que a candidatura do Brito. Não haverá substituição de nomes, essa possibilidade está descartada", afirmou Brabo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.