TRE cassa mandato de prefeito e vice

O prefeito de Diamantino, Erival Capistrano, e sua vice, Sandra Baierle, devem deixar os cargos. A determinação é do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Evandro Stábile, que atendeu ao pedido de Juviano Linconln (PPS), segundo colocado na eleição passada. A campanha de Capistrano recebeu doação de origem desconhecida e ele responde por irregularidades na prestação de contas. Cabe recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.