TRE-AM cassa registro de candidatura de prefeito eleito

Com a decisão, Amazonino Mendes e seu vice não poderão ser empossados, mas ainda cabe recurso ao Tribunal

da Redação

28 de novembro de 2008 | 11h12

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) cassou a candidatura de Amazonino Mendes, prefeito eleito em Manaus, na noite da última quinta-feira. Segundo a assessoria do órgão, a juíza Maria Eunice Torres do Nascimento alega em sua decisão que houve distribuição de vale-combustível a eleitores em 5 de outubro, dia do primeiro turno da eleição.  Além de Amazonino, seu vice, Carlos Souza (PP), também teve o registro cassado. Com a decisão da juíza, o prefeito eleito não poderá assumir o cargo, mas ainda cabe recurso.  A assessoria de Amazonino informou que "o corpo jurídico já foi acionado" e que recorrerá da decisão.   (Com Líége Albuquerque, de O Estado de S.Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:
Amazonino MendesManausTRE-AM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.