TRE absolve Heloísa; denunciante pode pagar multa

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) manteve o registro de candidatura ao Senado da vereadora por Maceió Heloísa Helena (PSOL). Condenada por sonegação de impostos, a ex-senadora foi alvo de ação impetrada pelo candidato ao Senado Idelfonso Lacerda (PRTB), com base na Lei Ficha Limpa.

RICARDO RODRIGUES, Agência Estado

03 de agosto de 2010 | 21h33

Por unanimidade, o pleno do Tribunal entendeu que Heloísa é elegível. Por ter agido de má-fé, o denunciante poderá ser multado de R$ 5 mil e R$ 25 mil.

De acordo com os magistrados, o Tribunal entendeu que a ação foi apresentada fora do prazo e de que Heloísa teria apenas um débito tributário, não havendo como enquadrá-la na Lei Ficha Limpa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.