Transgênicos: "debate ideológico pode ser caminho sem volta"

A Associação Brasileira de Biossegurança (ANBio) acaba de divulgar um documento acerca do debate sobre o cultivo de transgênicos no País. A "Carta de Recife" foi elaborada durante congresso do setor na capital pernambucana. Cerca de 800 c ientistas de todo o mundo se reuniram em Recife para o III Congresso Brasileiro de Biossegurança e III Simpósio Latino-Americano de Produtos Transgênicos, onde co-assinaram um manifesto endereçado ao Governo Federal afirmando que "o debate ideológico e desprovido de fundamentação científica representará um caminho sem volta e irrecuperável para o Brasil, mais grave do que a reserva de mercado para a informática". Na carta, os cientistas lembram que o Brasil já possuiu uma legislação sobre biossegurança bastante avançada, que ?serviu de modelo para as legislações da maioria dos países da América Latina, devido a sua modernidade e caráter científico multidisciplinar?, o que bastaria para avaliar a segurança de produtos transgênicos para a saúde e ambientes brasileiros.Para eles proibir o uso de transgênicos ?poderá não só representar perda de competitividade do agronegócio brasileiro, bem como a não-disponibilidade no País de alternativas agrícolas ambientalmente menos agressivas, com menor uso de defensivos agrícolas, menor erosão do solo, economia de água e de insumos.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.