Trabalhadores rurais renegociam dívida no CE

Cerca de três mil trabalhadores rurais de 18 municípios da Região dos Inhamuns, no Ceará, se reuniram hoje, em Crateús, com as direções dos bancos do Brasil e do Nordeste, tentando renegociar a dívida do crédito agrícola. Eles fizeram uma manifestação ordeira, segundo o secretário de comunicação da Federação dos Trabalhadores Rurais do Ceará (Fetraece), Antônio Soares Guimarães, e voltaram para casa depois de conseguirem a promessa que serão atendidos em suas reivindicações. Além da rolagem da dívida, eles querem a imediata distribuição de cestas básicas, assistência técnica e previdência rural. No Sertão Central, outros trabalhadores continuam, desde segunda-feira, ocupando as sedes de três municípios: Canindé, Caridade e Quixeramobim. Em Canindé, os manifestantes chegaram a depredar um carro. A distribuição de 215 mil cestas básicas no Estado ainda não tem data certa para começar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.