Trabalhadores rurais protestam em MS

Trabalhadores rurais sem-terra acampados em Corumbá, em Mato Grosso do Sul, bloquearam durante toda a manhã de hoje a BR-262, para exigir ajuda alimentar e aceleração do assentamento das famílias em áreas desapropriadas. Policiais rodoviários federais que tentaram impedir o protesto acabaram disparando vários tiros para cima, provocando tumulto entre as 130 famílias de manifestantes, a oito quilômetros do centro daquela cidade.O vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Corumbá, Antônio Domingos Benevides da Rosa, disse que as 130 famílias estão acampadas há quatro meses e, até agora, a única ajuda que receberam foi a distribuição de lonas plásticas. O superintendente do Incra em Mato Grosso do Sul, Celso Cestari, informou que até sexta-feira os sem-terra serão recebidos em audiência. O grupo quer a desapropriação de duas fazendas, que consideram improdutivas, para serem destinadas à reforma agrária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.