Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Toffoli sugere 'novo pacto entre os Poderes' por reformas

Presidente do STF cita reformas da Previdência, fiscal e tributária entre o que considera 'fundamental'

Caio Rinaldi e Bárbara Nascimento, O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2019 | 17h15

Em discurso no Congresso Nacional, durante solenidade de abertura do ano legislativo, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, sugeriu celebração de um novo pacto entre os poderes. Segundo o ministro, esse pacto teria como objetivo a aprovação de "reformas fundamentais", como a reforma da Previdência, assim como a reforma fiscal e tributária.

"Desde que tomei posse no STF, antes do primeiro turno das eleições, venho propondo a celebração de um novo e grande pacto entre os poderes, de modo a contribuir para o avanço de reformas fundamentais", afirmou.

No discurso, ele também destacou o que caracterizou como um processo de transição na administração pública iniciado, segundo ele, após as eleições de 2018. "O Brasil tem caminhado na direção da institucionalidade substituir a pessoalidade", comentou.

O magistrado defendeu reformas estruturais para a retomada do crescimento econômico. "É necessário que o País retome caminho do desenvolvimento e o equilíbrio fiscal, volte a crescer, gere empregos e recobre a confiança de investidores e empreendedores", disse, citando também o combate à corrupção e à criminalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.