Amanda Perobelli / Reuters
Amanda Perobelli / Reuters

‘Todos já saberão a sua verdadeira natureza’, diz Moro sobre indicação de Bolsonaro para STF

Presidente escolhe desembargador Kassio Marques para a vaga do ministro Celso de Mello

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2020 | 23h08

BRASÍLIA – O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro usou de ironia, nesta quinta-feira, 1.º, para se referir à escolha do presidente Jair Bolsonaro para o Supremo Tribunal Federal (STF). Depois de Bolsonaro anunciar, em transmissão ao vivo na internet, que indicará o desembargador Kassio Marques para a vaga do ministro Celso de Mello na Corte, Moro falou sobre a “verdadeira natureza” do presidente.

“Simples assim, se o PR@jairbolsonaro não indicar alguém ao STF comprometido com o combate à corrupção ou com a execução da condenação criminal em segunda instância, todos já saberão a sua verdadeira natureza”, escreveu ele no Twitter. E acrescentou, entre parênteses: “Muitos já sabem.”


Ex-vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF-1), Marques considera que a prisão após condenação em segunda instância não é obrigatória nem automática. Em 2018, o desembargador concedeu uma entrevista ao site Consultor Jurídico e disse que a seu ver, diante das circunstâncias, os juízes poderiam ou não adotar medidas para restringir a liberdade.

“Podem entender que não seria o caso de recolhimento em um determinado caso, mas não de forma discricionária, e muito menos automática e jamais não revestida da devida fundamentação", afirmou Marques ao site, naquele ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.