Todas as regiões superam meta de economia para o verão

As quatro regiões sob racionamento energético estão cumprindo as metas de consumo de energia determinadas pelo governo para o período do verão. Segundo dados divulgados hoje pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), nas regiões Sudeste e Centro-Oeste foram gastos quinta-feira 23.422 megawatts (MW) para uma meta de consumo de 23.500 MW, o que representa uma economia de 0,33% acima da meta.Nas regiões Norte e Nordeste, a economia foi maior. Os Estados nordestinos consumiram 5.168 MW, enquanto a meta para a região é de 5.400 MW, representando uma economia de 4,3% superior ao que foi definido pelo governo. No Norte, a economia registrada ontem foi de 10,13%. Na região, foram consumidos 2.067 MW para uma meta de 2.300 MW.O resultado acumulado do mês mostra que a economia, do dia 1º ao dia 6 de dezembro, ficou 8,02% acima da meta nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, 7,20% acima da meta no Nordeste e de 11,3% acima da meta no Norte.De acordo com o ONS, o nível dos reservatórios que abastecem as hidrelétricas continua subindo. No subsistema Sudeste e Centro-Oeste, os reservatórios chegaram ontem a 24,28% da capacidade máxima, o que indica um nível de 11,05 pontos porcentuais acima da curva guia, limite mínimo definido pelo governo para o mês. No Nordeste, o nível dos reservatórios estava em 9,38%, o que representa 4,96 pontos porcentuais acima da curva guia.Por decisão da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE), passaram a ser consideradas duas bases de referências. A primeira leva em conta a média de consumo dos meses de maio, junho e julho do ano passado - com metas de economia de 7% (para capitais e cidades turísticas) e de 12% (para os demais municípios) no Sudeste e Centro-Oeste, de 12% (para as capitais e cidades turísticas) e de 17% (para as demais) no Nordeste e de 5% no Norte .A segunda considera a média de consumo dos meses de dezembro do ano passado e janeiro e fevereiro deste ano com meta de economia de energia de 20%. Será adotada a base de referência que permitir ao consumidor maior gasto de energia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.