Todas as Barbies do mundo numa festa de aniversário

Há 45 anos ela reina absoluta entre as celebridades e com uma enorme vantagem: nunca envelhece. Barbie, a boneca produzida pela Mattel, é a mais conhecida do mundo e completa este mês 45 anos com cinturinha fina e corpo perfeito: Uma exposição marca seu aniversário. São 154 modelos da boneca, do acervo pessoal do psicólogo e colecionador, Carlos Keffer. As bonecas já foram expostas no Shopping Center Higienópolis e agora estão no Litoral Plaza Shopping, em Santos.O aniversário coincide com uma mudança e tanto na sua vida Barbie acaba de se separar de Ken, o que gerou um certa polêmica no mercado. "Ela é uma boneca tão diferente que tem até atitudes de gente", observa Ricardo Schetty, produtor da mostra Uma Coleção de Sonhos - 45 anos de Barbie. A exposição é gratuita e vale a pena ir até lá para conferir. Barbie já foi hippie, Barbie já foi Julieta, com traje renascentista (séc. 16), Barbie é uma Dama Medieval, com vestido da Idade Média (cerca de 1.300 d.C.), Barbie é também Rainha Elizabeth, com reprodução do modelo usado pela rainha da Inglaterra no séc. 16, entre outras. O melhor da mostra é a constatação do quanto a boneca se adaptou ao seu tempo. Por meio da exposição pode-se até rever marcos da nossa cultur,a como a Barbie de 1967 que, pela primeira vez, ganhou a cintura flexível para dançar twist, a febre do momento entre os jovens. Mas uma melhores usa uma roupa bem simples, um maiô listrado branco e preto. A boneca é um dos destaques da mostra porque é uma reprodução da primeira Barbie, lançada em 1959. O curioso é que, além de mais "cheinha", a pioneira tinha os olhos laterais, não tão centralizados. "É como se fosse um sinal de recato, já que as mulheres da época não tinham a liberdade de hoje", diz Schetty. A Barbie surgiu de uma grande idéia da americana Ruth Handler que percebeu que sua filha Bárbara, cujo apelido é Barbie, gostava de brincar com aquelas bonecas de papel que trocam de roupa. Até então, todas as bonecas tinham aparência de bebês e essa de papel era uma das únicas que tinha feições de adolescente ou mulher adulta. É por isso que quando a Barbie foi lançada ela foi definida como a "boneca teenager (adolescente) vestida na última moda". Na lista de estilistas que já fizeram modelos sob medida para ela estão os internacionais Georgio Armani, Christian Dior, Givenchy e até os brasileiros Alexandre Herchcovitch e Walter Rodrigues. Todos esses modelos estão na mostra, é claro, que ainda traz Barbie interpretando personalidades como Marilyn Monroe (em três versões), Audrey Hepburn, Diana Ross (uma das poucas bonecas negras), Elizabeth Taylor, Cher, Cleópatra e até personagens de desenho como Dorothy, de O Mágico de Oz, Bela, de A Bela e a Fera, e Ariel, de A Pequena Sereia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.