TJ pede bloqueio de dinheiro de Maluf na Suíça e Jersey

A juíza Silvia Maria Novaes de Andrade, da 4ª Vara da Fazenda do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, concedeu liminar determinando o bloqueio do dinheiro supostamente depositado em bancos da Suíça e do paraíso fiscal da Ilha de Jersey em nome de Paulo Maluf (PPB) e de familiares.A liminar foi pedida, segunda-feira, pelo Ministério Público do Estado (MPE), em petição que requisita a abertura de ação civil e expedição de cartas rogatórias destinadas às autoridades da Suíça e de Jersey. As cartas rogatórias deverão pedir o imediato bloqueio de "quaisquer bens dos demandados" e exame de contas e aplicações.Além de Maluf, a medida atinge sua mulher Sylvia, os filhos Flávio, Ligia e Otávio e a nora Jaqueline. Os bens estariam, de acordo com informações anexadas na ação pelos promotores da Cidadania do MPE, em nome da empresa "off-shore" Red Ruby Ltda, da qual os Maluf seriam beneficiários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.