TJ do Rio decreta prisão do vereador Cristiano Girão

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decretou a prisão preventiva do Vereador Cristiano Girão (PMN), acusado de comandar um grupo paramilitar na comunidade Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na capital fluminense. A medida foi tomada pelo desembargador Francisco José de Asevedo com base em trabalho realizado pelo Núcleo de Combate ao Crime Organizado e pelo Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro, ambos do Ministério Público (MP) estadual, em parceria com a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco-IE).

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

18 de dezembro de 2009 | 08h17

A prisão preventiva foi pedida pelo procurador-geral de Justiça do Estado, Cláudio Lopes, e o Subprocurador-geral de Justiça de Atribuição Originária Institucional e Judicial, Antonio José Campos Moreira.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãoMPvereadorRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.