TJ de Goiás muda para dar conta de processos

Entrou em vigor a lei que modifica a organização do Judiciário em Goiás. Serão criados quatro cargos de desembargador e reordenada a organização do Tribunal de Justiça. A justificativa é o aumento de processos na primeira instância. Mas as reestruturações que exigirem criação de cargos só serão implantadas a partir de agosto de 2009. O número de câmaras cíveis muda para seis. Cada uma terá quatro desembargadores e será subdividida em quatro turmas, de três desembargadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.