TJ concede habeas-corpus a Belinati

O desembargador Altair Patitucci, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu habeas-corpus para o prefeito cassado de Londrina, Antônio Belinati (sem partido), mas até o início da noite o mandato de soltura não tinha chegado ao 2º Distrito Policial, em Londrina.Belinati foi preso na última quinta-feira, sob acusação de falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro.Belinati teve a prisão preventiva decretada pela juíza substituta da 4ª Vara Criminal de Londrina, Fabiana Karam.Ela analisou ação civil pública impetrada pelo Ministério Público, que acusa o ex-prefeito, juntamente com outras 18 pessoas, de ter desviado R$ 270 mil da Companhia Municipal de Urbanização (Comurb).O dinheiro teria sido utilizado na campanha eleitoral do filho do ex-prefeito, Antonio Carlos Belinati (PSL), eleito deputado estadual em 1998.Em 4 de maio, o ex-prefeito já tinha sido preso, ficando sete dias na cadeia, em razão de outra ação, na qual é acusado do desvio de R$ 1,7 milhão.Há seis denúncias-crime contra Belinati ajuizadas no Fórum de Londrina. O Ministério Público estima que os valores desviados dos cofres públicos durante sua terceira gestão, que se encerrou em junho do ano passado com a cassação, podem estar próximos de R$ 200 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.