Tiroteio marca comício no interior interior paulista

Quatro pessoas foram feridas a tiros, duas gravemente, durante comício do prefeito de Monte Mor, Nabih Assis (PMDB), candidato à reeleição, na noite terça-feira. Há cerca de 10 dias, Assis registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil relatando que está sendo vítima de ameaças.Segundo nota divulgada pela assessoria, o prefeito admitiu que o tiroteio seja de motivação política. O comandante da Guarda Civil Municipal de Monte Mor, Adelício Paranhos, disse, entretanto, que é prematuro associar o tiroteio às ameaças feitas contra o prefeito.De acordo com Paranhos, um homem desconhecido disparou um tiro em direção a um rapaz que estava ao lado do palco. O rapaz tentou fugir e foi perseguido pelo desconhecido, que desferiu mais dois tiros contra ele. Em seguida, outro desconhecido, disparou três tiros para o alto no meio do povo e fugiu. Na seqüência, acrescentou, quatro homens que estavam dentro de uma saveiro prata atiraram várias vezes em direção às pessoas que estavam no comício. Uma adolescente de 16 anos foi ferida no abdome e um rapaz de 19 anos, na perna. Um morador próximo à praça onde ocorria o evento levou um tiro de raspão na cabeça. O prefeito, que cancelou dois comícios que ocorreriam na quarta à noite, lamentou o ocorrido e afirmou que nunca tinha visto nada parecido na cidade desde que iniciou sua carreira política, em 1977. "É muito triste", alegou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.