Tiririca diz não entender insistência de Mabel

Deputado mais votado das eleições de 2010, com 1.353.820 votos, Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP), disse que a candidatura de Sandro Mabel (PR-GO) à presidência da Câmara pegou o partido "de surpresa".

WLADIMIR D'ANDRADE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 17h18

"O Mabel é muito querido, mas eu não consegui, nem o partido, entender o motivo de sua candidatura", disse o ex-palhaço, vestido de terno ao participar de almoço dos deputados federais de São Paulo em apoio à eleição de Marco Maia (PT-RS) à presidência da Câmara. Estreante no jogo político, Tiririca afirmou que, na eleição da Câmara, no próximo dia 1º de fevereiro, vai seguir a orientação do partido. "Estamos com Maia".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.