Tião Viana determina início da sessão secreta

Às 12h07, no horário de Brasília, o primeiro vice-presidente do Senado, Tião Viana (PT-AC), determinou o início da sessão secreta, pedindo a saída de todos que não irão participar do julgamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Só permanecerão os senadores, os 13 deputados que obtiveram liminar do STF e outros que tiveram autorização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.