Tião Viana critica apoio de Lula a Sarney

O presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-AC), criticou hoje o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o senador José Sarney (PMDB-AP) venha ser o futuro presidente do Senado. Sarney assumiria a vaga deixada por Renan Calheiros (PMDB-AL) na última terça-feira. O apoio de Lula a Sarney teria sido dado durante jantar com parlamentares peemedebistas ontem. Renan renunciou para escapar da cassação em acordo costurado entre o PMDB e o Planalto."A mim, o presidente Lula deixou claro que não iria se envolver no assunto sucessão do Senado porque ele entendia que essa matéria começava pelo PMDB", afirmou. Em seguida, o petista cobrou distanciamento do presidente da República na sucessão do Senado. "Eu acho que a melhor atitude dele (Lula) é exatamente essa. Manter distância é permitir a autonomia do Senado para tratar de uma questão interna como essa e, ao mesmo tempo, legitimar o direito do PMDB de indicar o seu sucessor", prosseguiu Viana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.