Tião Viana: 'CPMF e Renan vão a plenário este ano'

O presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-AC), afirmou que tanto o julgamento do mandato do presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), quanto a prorrogação da CPMF serão levados a plenário ainda este ano. Ele assegurou que espera que o parecer sobre a constitucionalidade do pedido de cassação de Renan seja votado na CCJ até o dia 28 e levado ao plenário entre os dias 4 e 5 de dezembro.Nesse caso, Renan é acusado de ter comprado duas rádios e jornal em sociedade com o empresário João Lira por meio da utilização de laranjas. O pedido de cassação foi aprovado semana passada pelo conselho de ética por 11 votos a 3.Em relação à CPMF, Tião afirmou que o governo trabalha com a data do dia 14 de dezembro para que a matéria seja votada em primeiro turno da casa. A partir daí, contando o prazo de cinco sessões úteis, o segundo turno da PEC que prorroga o tributo até 2011 seria levado à votação no dia 21 de dezembro, último dia legislativo do ano.Questionado como poderia garantir as datas já que há medidas provisórias obstruindo a pauta, Tião afirmou, "há um prazo regimental a ser cumprido. E CPMF e Renan serão votados nesse ano legislativo". Em relação à reunião de líderes marcada para hoje pela manhã, o petista afirmou que preferiu cancelar o encontro pois não queria "misturar" o caso Renan com a obstrução da pauta no plenário. "A reunião era para tratar da pauta. Eu não quis misturar obstrução com Renan. O objetivo é ter consenso e não dissenso", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.