Thomaz Bastos entrega cheques da campanha do desarmamento

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, entregou nesta sexta-feira, na sede da Superintendência da Polícia Federal de Pernambuco, cheques simbólicos das primeiras quatro indenizações da Campanha Nacional do Desarmamento a pessoas que entregaram suas armas voluntariamente à polícia.De acordo com o ministro, a meta inicial da campanha, de arrecadar 80 mil peças, em todo o território nacional, será duas vezes maior. Ele destacou que desarmar o Brasil para construir um escudo de segurança é o sonho de todos. "É o sonho da segurança, da redução de homicídios, principalmente entre as camadas mais jovens da população. O governo está empenhado, mas sabe que só terá êxito se houver uma grande mobilização da sociedade civil brasileira", ressaltou.Márcio Tomaz Bastos disse que, na próxima segunda-feira, estará em uma cidade do interior de São Paulo, onde será feita uma coleta de armas junto à população com a participação do Exército, Policia Militar e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. São Paulo é o estado onde mais armas foram entregues pela população, seguido de Pernambuco.Dados de uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que Pernambuco é o estado onde ocorre o maior número de homicídios praticados com armas de fogo. Do início do ano até agora, a população pernambucana entregou 3 mil armas à polícia federal, incluindo revólveres, espingardas, rifles, garruchas e fuzis.As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.