Texto do Código Florestal será divulgado na segunda

O Advogado Geral da União, Luís Inácio Adams, afirmou nesta sexta que o material aprovado pela presidente Dilma Rousseff com relação ao Código Florestal será divulgado apenas na segunda-feira, quando será entregue ao Congresso Nacional. Segundo ele, "o texto é feito para o Brasil, é estruturante, pois passou por um grande debate político".

VENILSON FERREIRA, RAFAEL MORAES MOURA E TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

25 Maio 2012 | 16h19

O advogado geral da União, Luís Inácio Adams, afirmou nesta sexta ter confiança de que a Medida Provisória (MP) que o governo enviará ao Congresso propondo modificações ao Código Florestal será aprovada. "Temos confiança da qualidade do que está sendo proposto", disse Adams, durante anúncio dos vetos ao Código Florestal.

Segundo ele, o próximo passo agora é levar e discutir com os parlamentares os elementos que levaram à adoção desse texto. "Essa discussão nos traz muita confiança, porque atendido o pequeno produtor e atendido o equilíbrio ambiental, esse projeto tem todas as condições e capacidade de ser mantido pelo Congresso Nacional", disse.

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, afirmou que a recuperação das áreas de preservação permanente (APP) não deve afetar a produção agropecuparia brasileira. Ele disse que é evidente que alguma propriedade pode perder área, mas observou que, nos últimos anos, a produção brasileira vem aumentando sem aumento da área plantada, graças ao aumento da produtividade.

O governo anunciou que foram feitos 12 vetos ao texto do Código Florestal aprovado na Câmara dos Deputados e 32 modificações que serão propostas em uma Medida Provisória a ser editada pelo Executivo.

Mais conteúdo sobre:
Código Florestal anúncio AGU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.