''Terroristas assaltavam e matavam''

O delegado de polícia Carlos Alberto Augusto, mais conhecido como Carteira Preta, trabalhou durante quase nove em órgãos de repressão política durante o regime militar. Ele contesta a ideia de punição para os agentes do Estado. "Os terroristas assaltavam e matavam, como bandidos comuns, e foram anistiados. Por essa ótica, os assaltantes de bancos também deveriam ser anistiados."Augusto também alega que o País estava em guerra. "Defendi e defendo minha pátria."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.