Termina greve de servidores das universidades federais

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores nas Universidades Federais (Fasubra), fechou acordo com o Ministério da Educação pondo fim à greve que durou 86 dias. Os sindicatos regionais realizarão ainda hoje e amanhã assembléias para analisar e proposta do governo, mas a Fasubra aconselha a volta ao trabalho. A proposta inclui a incorporação ao salário, a partir de janeiro, da Gratificação de Atividade Executiva (GAE), que representará aumentos de 15% a 50% nos vencimentos dos servidores. Além disso, com a indicação da Fasubra de retorno ao trabalho, o MEC decidiu desbloquear o pagamento dos salários de setembro. O acordo atinge somente os servidores universitários. A greve dos professores continua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.